Blog

Minha Alma

Claudia FerreiraEu não sou esse corpo que você olha,

Ataca e quer brincar

Esse corpo tem vida, além dos seus olhos,

Gerou sementes em caule suspenso

Delírios da sua alma sem apreço

Compaixão diria… pura hipocrisia

Esse espírito vencedor

Não se esbarrou em você e nem conhece sua dor

Ela é tragada pelo gole amargo de rum

Em você ilusões

Seu esconderijo noturno

Revelações

E não obstante o susto

Há o gosto nobre do recomeço

E a eterna vontade de vencer

3 mensagens

Elimar Melo, 26/03/2013 16:19

Adoreiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!

Gosto do jeito direto, certeiro e “confundidor” que você escreve.

beijo.

->

Silvio, 28/03/2013 23:54

Poetisa….gostei continue….

->

Silvio, 29/03/2013 00:02

Poetisa….continue alimentando a alma,o
Leitor agradece.

->

Escreva

 

Itens com * são obrigatórios.
%d blogueiros gostam disto: